24 MAR II FESTIVAL INTERNACIONAL DE PIANO DO ALGARVE: CONCERTO N. º4
AUDIÇÃO INTEGRAL DOS CONCERTOS PARA PIANO E ORQUESTRA DE BEETHOVEN
03 Mar II FESTIVAL INTERNACIONAL DE PIANO DO ALGARVE: CONCERTO N.º3
24 Mar II FESTIVAL INTERNACIONAL DE PIANO DO ALGARVE: CONCERTO N. º4
Solista: Artur Pizarro - Piano
Maestro: Nikolai Lalov
Orquestra de Câmara de Oeiras e Cascais

O concerto op 58 n.º 4 de Beethoven é, porventura, o mais difícil e complexo dos concertos de Beethoven, tanto tecnicamente como interpretativamente. Estreou em 1807 num concerto privado no palácio do príncipe Franz Joseph von Lobkowitz, juntamente com a abertura Coriolan, razão pela qual foi decidido integrá-la neste programa. A estreia oficial aconteceu a 22 de Dezembro de 1808 no Teather an der Wien, tendo Beethoven como solista. Este foi o último concerto executado por Beethoven publicamente, tendo sido dedicado ao seu patrono e aluno o arquiduque Rudolph. Após a sua estreia foi esquecido durante muitos anos tendo sido executado mais tarde por Mendelssohn.

Abertura: Coriolan, Op. 62, de L. V. Beethoven (ou Egmond)
Concerto para piano e orquestra op.58 n.º 4 de L. V. Beethoven
1 - Allegro moderato
2 – Andante com moto
3 – Rondo (Vivace)
INTERVALO
Sinfonia Nº 1, de Charles Gounod (200 anos do nascimento)

Produção: Arte do Sul
Patrocínio: 365 Algarve
Grande Auditório Nuno Mergulhão
21h30
M/6 | 90 min, com intervalo
Preço: 15,00€


© 2018 Todos os direitos reservados » TEMPO – Teatro Municipal de Portimão | Design » 1000olhos | Implementação » Wirelessbrand